Cinco motivos para assistir o UFC 204

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

O UFC 204 acontecerá neste sábado, dia 08 de outubro, em Manchester, na Inglaterra. Para esquentar, confira os três motivos para você não deixar de assistir o último show do Ultimate deste mês:

Motivo 1: Revanche entre verdadeiros rivais 

Na luta principal do evento, uma luta de velhos conhecidos. Michael Bisping faz a sua primeira defesa de cinturão contra o lutador responsável pelo nocaute mais brutal da sua carreira, Dan Henderson. Com sangue nos olhos, o campeão dos médios do Ultimate entra no octógono querendo, antes de tudo, vingar a derrota sofrida no UFC 100, em julho de 2009. Na relação dessa dupla, o respeito passa longe. Os lutadores não se gostam mesmo! Ou seja, tem tudo para ser uma super luta!

Motivo 2: Última chance de ver Dan Henderson no octógono

Após conquistar uma carreira lendária, Dan Henderson irá pendurar as suas luvas. Empatado com Mauricio Shogum como o terceiro com mais nocautes na história do UFC, Strickforce, Pride e WEC, o lutador garante que, ganhando ou perdendo, irá se aposentar. Hendo, que nocauteou em 15 das suas 32 vitórias no MMA, nunca chegou ao topo do UFC. No entanto, ele pretende mudar isso na última luta da sua história no esporte.

Motivo 3: Vitor Belfort precisando de vitória

Vitor Belfort não mostra grande performance desde 2013, quando nocauteou três adversários em um ano. Depois disso, o brasileiro perdeu para Chris Weidman, em maio de 2015, se recuperou em novembro do mesmo ano contra Dan Henderson, e foi facilmente nocauteado por Ronaldo Jacaré em maio deste ano. O emprego do lutador no UFC não está ameaçado, mas, se quiser continuar no topo, precisa vencer na noite deste sábado.

Vitor tem pela frente um dos atletas mais versáteis do esporte: Gegard Mousasi. O iraniano-holandês é um striker excepcional, com poder e ritmo, e raramente é derrubado. Já Vitor Belfort é considerado um dos strikers mais impiedosos da história do esporte. O brasileiro venceu 14 lutas no UFC por nocaute ou finalização, maior número da companhia, e Mousasi é oriundo do kickboxing, mas já finalizou 12 lutas no chão.  Quem não gosta de versatilidade nos combates? Lutaça!

Motivo 4: Briga de cachorro grande

A terceira luta mais importante da noite será briga de cachorro grande. Integrantes do top 10 dos meio-pesados, Ovince Saint Preux e Jimi Manuwa tem estilos de lutas parecidos: são agressivos e tem alto poder de nocaute. OSP vem de derrota, mas é importante lembrar que ele enfrentou o lutador que está na lista de “melhores de todos os tempos”, Jon Jones. O seu adversário, Jimi Manuwa, também vem de derrota contra Anthony Johnson. Dois lutadores bons querendo se recuperar de derrota.  Não dá para esperar nada menos do que trocação de alto nível.

Motivo 5: Luta de compatriotas

Abrindo o evento, Léo Santos enfrenta o compatriota Adriano Martins pela divisão dos leves do UFC. Ex-campeão do Jungle Fight, Adriano lutou cinco vezes pelo Ultimate, conquistando quatro resultados positivos e um negativo. Em seu último compromisso, o brasileiro venceu Islam Makhachev com um nocaute brutal, em outubro do ano passado. Léo, vencedor do TUF Brasil 2, ainda não perdeu na companhia: venceu quatro vezes e empatou uma. O lutador também vem de vitória sobre Kevin Lee no UFC 104, em dezembro de 2015. Na ocasião, o oponente de Léo era considerado favorito, mas o brasileiro surpreendeu e nocauteou.

Veja o card completo do evento: 

UFC 204
8 de outubro, em Manchester (ING)
CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília)
Peso-médio: Michael Bisping vs Dan Henderson
Peso-médio: Vitor Belfort vs Gegard Mousasi
Peso-meio-pesado: Ovince St. Preux vs Jimi Manuwa
Peso-pesado: Stefan Struve vs Daniel Omielanczuk
Peso-pena: Mirsad Bektic vs Russell Doane
CARD PRELIMINAR (a partir de 19h45, horário de Brasília)
Peso-galo: Brad Pickett vs Iuri Marajó
Peso-pena: Davey Grant vs Damian Stasiak
Peso-meio-médio: Leon Edwards vs Albert Tumenov
Peso-meio-médio: Danny Roberts vs Mike Perry
Peso-leve: Lukasz Sajewski vs Marc Diakiese
Peso-leve: Léo Santos vs Adriano Martins

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *