Com mudanças, Coliseu anuncia disputa do cinturão peso galo

Logo nova Coliseu

Coliseu Extreme Fight volta ao ginásio João Paulo 2º em Arapiraca, agreste alagoano com disputa de cinturão peso galo e oportunidade no card preliminar para vencedores do torneio amador Gladiador.

Um dos maiores eventos do Brasil inicia sua temporada em 2015 realizando uma eletrizante disputa de cinturão entre seu atual campeão peso galo (até 61 kg) Francisco De Assis, da Team Nogueira e o campeão peso galo do Circuito Talent de MMA, Anderson “Berinja”, da Chute Boxe Diego Lima, no dia 9 de maio, na cidade de Arapiraca, no agreste alagoano, mesmo local onde encerrou a temporada 2014.

“Berinja” que tem 12 vitórias, 9 delas consecutivas, ganhou notoriedade ao nocautear o ex TUF Brasil Vinicius “Vina” ainda no primeiro round no Circuito Talent 6 .

Já o atual campeão do Coliseu, Francisco De Assis, é considerado um dos atletas mais promissores do plantel da Team Nogueira e se tornou campeão finalizando Eduardo “Máquina da Dor” no primeiro round da histórica edição de numero 10, batizada de “Cinturões “, onde colocou o maior número de cinturões em disputa da história do MMA.

No co-main event, luta que antecede a principal, outro grande combate, dessa vez na categoria médio até 84 kg, Zeca Predador irá enfrentar André Sergipano, num duelo que poderá apresentar o novo desafiante da categoria.

Trabalho nas divisões de base

O Coliseu Extreme Fight tem parceria com a Federação Alagoana de MMA e sua intenção é auxiliar que o MMA amador seja incentivado e através de sua edição amadora de nome Gladiador tem revelado novos talentos no MMA local.

Isso acabou gerando 3 lutas preliminares de atletas gerados no Gladiador, o que deixou a direção muito orgulhosa de estar fomentando o MMA como esporte e não somente como entretenimento.

“Todos falam que o MMA é um esporte, mas como chamar de esporte se não há o amador? Temos que entender que para um atleta poder bater no peito e dizer, eu sou um profissional ele precisa ter sido um atleta amador, ter sido testado em condições típicas de um esporte e não somente de um veiculo de entretenimento e eu estou muito orgulhoso de estar fazendo parte disso”. Afirmou Marcos Paulo da Costa, Matchmaker do evento.

Cenário econômico atual adia planos do evento para o Rio de Janeiro

O Coliseu anunciou sua vinda ao Rio de Janeiro em sua primeira edição fora de Alagoas, porém teve seus planos adiados por conta da grave crise financeira que o Brasil tem enfrentado.

“Não queremos chegar ao berço do esporte para fazer mais um evento, queremos sim, fazer “O EVENTO” e com a crise financeira que se abateu sobre a nação nos últimos tempos entramos em um acordo com nossos apoiadores de que era o momento de sermos conservadores e não sair do estado por conta da logística mais cara, mas esperamos que em breve possamos remarcar a data da edição carioca, onde mostraremos para o Rio o tamanho e qualidade do maior evento de MMA do Brasil”.

Mudança de marca e lançamento do site oficial

A formação de grandes cards é tradição do Coliseu Extreme Fight, que completa quatro anos em 2015. A novidade adotada pela organização é a mudança de uma marca escolhida desde o seu início, dentro do conceito do evento e agora adotando linhas atuais e modernas.

A nova identidade visual do Coliseu Extreme Fight traz consigo o lançamento do site oficial da organização. O portal de uma das maiores organizações de MMA do país, apresentará ao fã do MMA um casting de lutadores, que serão divididos por categorias e um ranking organizado pela equipe do Coliseu. Outras editorias do portal serão calendário de eventos, galeria de imagens, todas as notícias relacionadas à organização e um diferencial, a loja virtual que oferecerá uma série de produtos da marca Coliseu Extreme Fight.

O diretor de marketing do Coliseu, Márcio Mrotzeck, aponta uma mudança natural de um evento que surgiu entre os maiores e segue o seu processo de amadurecimento. “O Coliseu é um evento que já nasceu grande e conseguiu se posicionar no cenário nacional das principais organizações em decorrência disso. Somos vencedores por dois anos do Oscar do MMA brasileiro, o Osvaldo Paquetá. Essa mudança de imagem, de identidade visual do Coliseu reflete esse momento da organização, cada vez mais amadurecida, forte e sólida. O conceito é o mesmo, vamos continuar primando por um verdadeiro espetáculo para o público, na certeza de fazer o melhor, de forma digna, competente e respeitosa, diante dos atletas e dos apaixonados pelo MMA”, finalizou.

(Foto: Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *