Comissão de Nevada suspende Brock Lesnar e Jon Jones

Foto: Divulgação/UFC

Foto: Divulgação/UFC

Finalmente, a Comissão Atlética de Nevada (NAC) julgou os lutadores Brock Lesnar e Jon Jones, por terem sido flagrados em exames antidoping, e Nate Diaz, por ter se envolvido em guerra de garrafas d’água com Conor McGregor no UFC 200. Os lutadores não compareceram à reunião, mas selaram um acordo de adjudicação com o órgão.

O ex-campeão dos pesados do Ultimate, Brock Lesnar, recebeu suspensão de 12 meses e multa de US$ 250 mil (cerca de R$ 875 mil). A pena é retroativa, ou seja, o lutador estará livre para entrar no octógono dia 09 de julho de 2017.  Além da suspensão e multa, a comissão decidiu que o peso-pesado terá que a apresentar um exame antidoping limpo 30 dias antes de lutar em Nevada novamente. O acordo selado com a NAC também prevê que o resultado da luta entre Lesnar e Mark Hunt seja alterada para “No Contest” (luta sem resultado).

Jon Jones recebeu punição de 12 meses, retroativa ao dia que testou positivo, e não terá que pagar multa. A suspensão foi a mesma estipulada pela USADA (Agência Antidoping dos EUA), portanto, o lutador estará livre para voltar ao octógono no dia 06 de julho do próximo ano.

Nate Diaz terá que pagar 2,5% da bolsa recebida para lutar com Conor McGregor no UFC 202 (cerca de R$ 175 mil), e precisará prestar 50 horas de serviço comunitário até o dia 1º de dezembro do próximo ano. O irlandês já tinha sido julgado pela comissão em outubro. Ele recebeu multa de US$ 150 mil (aproximadamente R$ 525 mil), além de comprometimento em desenvolver campanha anti-bullying e 50 horas de serviço comunitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *