Demetrious impõe exigências para encarar TJ Dillashaw

Foto: Getty Images

Talvez uma das lutas mais aguardadas do MMA atualmente, o duelo entre Demetrious Johnson e TJ Dillashaw continua em fase de negociações. Em entrevista para ESPN, o campeão dos moscas Demetrious revelou que aceita enfrentar o campeão dos galos TJ Dillashaw, entretanto, o embate deverá ser em um “super card” com combates entre os campeões da organização.

“É o que o UFC quer, é a superluta que todos querem. Acho que eu e TJ estamos de acordo. Nós apenas queremos garantir que seja num card grande. Nós queremos garantir que possamos nos beneficiar de uma boa venda de pay per view. Acho que eu mereço, e que ele merece”.

Em busca de bastante visibilidade e retorno financeiro, o americano citou superlutas que poderão compor o evento que possivelmente lutaria com TJ Dillashaw.

“Se pudermos ter três lutas pelo título, uma edição campeão contra campeão, isso deve vender bem. Se eles fizessem Georges St-Pierre x Tyron Woodley, Amanda Nunes x Cyborg e eu contra TJ, eles podem me enviar o contrato. Podem negociar esse contrato agora”.

Com a maior série de defesas de cinturão da história do UFC (11), Demetrious revelou que não enfrentará Dillashaw caso as suas exigências não sejam atendidas. “Might Mouse”, também alegou que o Ultimate pode até mesmo tirar seu cinturão, porém, ele continuará na divisão dos moscas.

“Sou direto. Se o UFC vier e disser, “Sabe, Demetrious, não vamos te dar isso”, vou dizer, “Perfeito, então mandem o desafiante número 1 no peso-mosca e TJ pode permanecer no peso-galo e enfrentar quem quiser.” É assim que eu sou quando se trata disso. Não vou ficar aqui discutindo. Isso é o que quero, se vocês não vão me dar, tudo bem. Vou seguir lutando na minha divisão. Querem tirar o meu cinturão? Beleza, perfeito. Me destituam. Vou escalar a divisão de novo. Já bati todo mundo na minha divisão, agora estou esperando minha oportunidade de estar num card que ganhe esse tipo de dinheiro”, finalizou o campeão.

Por Dario Ferrari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *