JOHN LINEKER ALMEJA SUBIR EM SUA DIVISÃO

Foto: Thiago Duval

John Lineker vai em busca da segunda vitória consecutiva para ficar mais próximo do topo da divisão dos galos (até 61kg) e terá pela frente Brian Kelleher no card principal do UFC 224, que será realizado no próximo sábado (12) no Rio de Janeiro.

Em meio a preparação para seu próximo desafio, John Lineker participou na última quinta-feira (10) do Mídia Day realizado pelo UFC em um hotel no Rio de Janeiro e conversou com a reportagem do MMA4Ever, em parceria com o Lutas Esporte Clube onde falou sobre seu próximo desafio, adaptação na mudança de categoria, seu período afastado dos octógonos e a motivação de voltar a lutar no Brasil.

“Meu camp foi um dos melhores para essa luta, até porque eu fiquei um tempo parado, então, eu voltei ainda mais motivado. Todos os ensinamentos foram 100%. Treinei todas as áreas: wrestling, jiu-jítsu, boxe. Então, estou 100% preparado”, disse John Lineker, que também falou sobre voltar a lutar no Brasil.

“As expectativas são sempre as melhores, acho que assim como todos os atletas, treinamos muito para estar ali em cima para dar o melhor, o nosso máximo e sábado não vai ser diferente ainda mais lutando em casa, a gente quer subir ali e buscar a vitória para alegrar a torcida”, disse.

John Lineker terá pela frente Brian Kelleher e o paranaense fez questão de elogiar seu adversário, mas afirmou que está bem preparado para entrar em ação no Rio de Janeiro.

“Cada luta é uma luta, uma história, mas ele é um cara duro, ousado , que vai para a trocação e disse que não tem medo da minha mão, espero que ele continue com esse tipo de pensamento para lutarmos na trocação. Luta é luta, mas eu estou bem preparado, então não vou deixar que ele me surpreenda”, disse.

Para John Lineker, uma vitória sobre Brian Kelleher pode deixar o brasileiro mais perto do topo da divisão.

“Acredito que uma vitória convincente pode me colocar no caminho do título, não de imediato, mas depois dessa mais uma e posso pensar em disputar o título, que é o que mais quero”, disse.

Quando lutava na divisão dos moscas (até 57kg), John Lineker teve problemas para atingir o peso e subiu para os galos. O “Mãos de Pedra” falou sobre sua adaptação a nova divisão e descartou descer para a categoria onde começou no UFC.

“Na verdade o corte não muda e está bem melhor a questão do peso, já que posso treinar melhor, focar no treino e nem me preocupar tanto com dieta. Estou bem adaptado e motivado. Acho que não volto mais para o mosca nem que eu queira”, afirmou.

Em 2016 John Lineker passou por maus bocados já que na derrota para TJ Dillashaw por decisão unânime dos juízes, o brasileiro levou um chute alto do ex-campeão dos galos e fraturou a mandíbula. Após a contusão, o paranaense ainda sofreu com uma bactéria no dente e foi picado pelo mosquito da dengue que o obrigou a sair de duas lutas. Lineker falou desse período ruim na carreira .

“Fiquei dez meses parado por conta de uma lesão no maxilar na luta contra o TJ Dillashaw, depois eu peguei uma bactéria no dente, aí fiquei parado novamente. É muito ruim, porque acaba dando uma esfriada, mas voltei 100% e estou bem focado. Quero dar um show no sábado”, disse John Lineker que aproveitou para mandar um recado para a torcida.

“Estou motivado e a galera pode esperar um Lineker agressivo buscando o nocaute o tempo todo. O recado que eu deixo é que a galera venha aí torcer para mim e para todos os brasileiros vibrando e mandando toda energia positiva para a gente no dia da luta”, encerrou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *