Jon Jones finaliza Dan Henderson e desafia Chael Sonnen

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

No último domingo (11), Jon Jones e Dan Henderson se enfrentaram no “Submission Underground 2”, um evento de luta agarrada, e o ex-campeão dos meio-pesados do UFC levou a melhor. Suspenso no MMA por doping até julho de 2017, “Bones” garantiu a vitória por finalização com um katagatame aos 6m25s de luta.

Durante o duelo, os lutadores fizeram bastante brincadeiras, simulando jabs, socos e cotovelada giratória. Em entrevista coletiva após a luta, Jon Jones elogiou o adversário e falou sobre o entretenimento durante o combate:

“Foi uma honra poder competir contra uma lenda. Dan foi incrível, forte demais – ele pegou meu pulso uma hora e eu não conseguia liberar o braço daquela pegada – sempre tentando levar a luta para o wrestling, mas felizmente consegui impor o jiu-jítsu, que é a arte que eu venho treinando mais nos últimos tempos. Me diverti muito, e estou me sentindo muito bem. Nós nos provocamos um pouco, porque temos uma história no passado, quase nos enfrentamos no UFC. Tudo que nos dissemos lá dentro foi real, e felizmente resolvemos nossas diferenças ali. Foi engraçado, porque em um determinado momento eu soltei um jab de brincadeira, e o árbitro falou muito sério: “Aqui, não!” E Dan fingiu que soltaria a “Bomba H”, que ele tinha guardada no bolso, e eu fingi soltar uma cotovelada giratória. Acho que os fãs gostaram.”

Para finalizar, o ex-campeão falou da possível luta contra Chael Sonnen dia 29 de janeiro e revelou que ainda quer evoluir na luta agarrada para enfrentar campeões da modalidade:

“Quero muito voltar para o Submission Underground 3. Sei que Chael Sonnen tem uma luta contra Tito Ortiz, mas eu o desafiei e ele aceitou. Foi bom, porque ganhei dele tão rápido quando nós lutamos que não pude ver tudo o que ele pode mostrar. Hoje eu penso em enfrentar lutadores de MMA nesses eventos de luta agarrada, mas eventualmente gostaria de ter pela frente caras que tenham sido diversas vezes campeões mundiais e que se dedicam apenas à luta agarrada, mas preciso evoluir muito até lá.”

Confira a luta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *