Jon Jones perde o cinturão do UFC e é substituído no UFC 187

Jon Jones é acusado de fugir dos melhores do UFC.

Até então campeão dos meio-pesados do UFC, o americano Jon Jones perdeu o título da divisão até 93 quilos e não será mais o detentor do cinturão na categoria. Considerado um dos maiores nomes da história moderna do MMA, o jovem lutador vem se colocando em maus lençóis.

Tendo sido pego no UFC 183 por doping, flagrado por cocaína e fazendo uma breve passagem por um centro de reabilitação, Jones voltaria ao octógono no dia 23 de maio defendendo o cinturão que detinha de maneira dominante desde que o conquistou ao vencer Shogun Rua, sendo o mais jovem campeão do UFC reformulado em categoria a obter o título.

Porém, o acidente ao qual se envolveu no fim de semana foi determinante para que houvesse, finalmente, uma severa punição por parte do UFC, que o retirou o seu cinturão e ainda, o suspendeu indeterminadamente. O motivo principal foi o lutador ter sofrido o acidente e abandonado o carro sem prestar socorro a uma vítima de 20 anos de idade, grávida. De acordo com alguns veículos da imprensa americanos, foi encontrada maconha no carro do lutador.

O presidente do UFC, Dana White afirmou ao programa UFC Tonight a suspensão e perda do título por Jon Jones e sua substituição por Daniel Cormier no evento UFC 187, onde enfrentaria Anthony Johnson.

“Ele está chateado. Ele sonhava em ser visto como um dos maiores da história, está desapontado, mas nós fizemos o que era deveríamos ter feito. Para nós (do UFC), isso não é algo bom, mas o show precisa continuar e Cormier está muito empolgado por ter essa oportunidade.”, explicou o mandatário.

por Redação MMA Space.
(Photo by Al Bello/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *