José Aldo perde luta para Max Holloway no UFC 218

Photo by Nick Laham/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Na principal luta do UFC 218, o havaiano Max Holloway venceu novamente José Aldo por nocaute técnico.

José Aldo entrou na luta focado e  usou mais dos contragolpes enquando Max Holloway apostava nas combinações curtas de dois golpes e usava da maior envergadura para atingir o brasileiro. O havaiano provocava mas o brasileiro não caiu na pilha. Aldo usou os chutes baixos e diversificou os golpes, encerrou o round acertando um belo uppercut que atingiu em cheio Holloway.

O segundo assalto foi eletrizante. Aldo começou a explorar mais os chutes baixos e sequências de socos e chutes.  Holloway começou a diversificar mais seu arsenal e explorou bem seus jabs. O brasileiro acertou golpes duros e teve ótima movimentação, tendo mais iniciativa e combinando ainda golpes na linha de cintura. A luta se manteve muito parelha e os atletas entraram em trocação franca nos últimos segundos.

No terceiro assalto José Aldo aceitou mais a ação na média-curta distância e foi para o ‘tudo ou nada’. Essa foi a pior escolha para o brasileiro que estava com uma boa postura na luta. Dessa forma, o havaiano pressionou-o na grade e a luta ficou frenética. Ninguém respirava até que o brasileiro sofreu um forte golpe na altura da têmpora. Holloway com um volume de golpes absurdo também recebia os golpes de Aldo, mas seu volume sobrepunha essas ações. Aldo tentou a queda como na primeira luta e acabou ficando por baixo. Por lá tentou sobreviver ao ground and pound como um legítimo guerreiro, mas não foi suficiente. Faltando poucos segundos para o fim do round, mas já tendo sofrido muitos golpes, Herb Dean terminou a luta para a preservação da integridade física do brasileiro.

Questionado sobre a importância de vencer o maior nome da história da categoria e se acreditava que superou o legado de José Aldo, Holloway mostrou-se respeitoso.

“Ainda tenho muito o que fazer na categoria, tenho muito respeito por ele. Ainda preciso defender meu cinturão mais vezes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *