McGregor tenta rebater acusações de racismo, mas piora a situação

Foto: Reprodução/Mirror

Foto: Reprodução/Mirror

A turnê de divulgação da luta de boxe entre Conor McGregor e Floyd Mayweather continua dando o que falar. O irlandês está sendo acusado pela imprensa de fazer comentários racistas durante as coletivas com os jornalistas. Na terceira etapa das conversas, McGregor respondeu as alegações, mas acabou piorando a sua situação:

“Muita gente da imprensa parece estar dizendo que sou contra pessoas negras. Isso é ridículo. Eles não sabem que sou metade negro? Eu sou meio negro do umbigo para baixo. E aqui vai um presente para as minhas fãs americanas negras. Elas chamam de urso polar”, disse, mexendo o quadril em uma clara alusão sexual, segundo o site “Combate”.

De acordo com o site “MMA Junkie”, o campeão peso-pena do UFC voltou a falar do caso e se defendeu:

“Isso não combina comigo. Eu sou muito multicultural e não tenho nenhum tipo de sentimento contra qualquer pessoa, e nem olho para a cor da pele. Eu só queria dizer algo e me divertir um pouco com isso. Quis fazer uma brincadeira com essa situação, do meu jeito. É estúpido, é ridículo e era onde eu estava querendo chegar.”

Mayweather também conversou com os jornalistas e disse que, na sua opinião, o rival exagerou:

“Esse é um evento no qual dois lutadores estão competindo, mas dizer um monte de coisas racistas direcionadas às mulheres negras, como ele fez hoje…Eu tenho duas filhas negras, minha mãe é negra, eu sou negro. Ele está passando dos limites, mas não posso focar nisso agora. Estou aqui para fazer o meu trabalho, que é entreter. Ele, porém, está perdendo muitos fãs por fazer isso. Você não pode desrespeitar as pessoas negras.”

Floyd Mayweather e Conor McGregor se enfrentam em uma luta de boxe dia 26 de agosto, no lendário T-Mobile Arena, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Veja os melhores momentos do terceiro dia de turnê:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *