Thiago ‘Pitbull’ Alves é finalizado por Martin Kampmann (UFC on FX 2)

Thiago Alves com 28 anos encarou o dinamarquez Martin Kampmann no UFC on FX 2, realizado na Austrália ontem, dia 2 de março de 2012.

Mostrando-se focado  desde sua entrada no octógono a luta começa com trocação e Thiago partindo para frente e o dinamarquês respondendo de igual para igual quando tenta o single leg pressionando o brasileiro na grade, que se defende muito bem do takedown e retorna ao centro do octógono.

Na trocação golpes de Martin Kampmann entraram no Pitbull que sente os soco e um chute que o levam à grade onde recebe outra joelhada no clinch mas Alves recupera-se do ocorrido e retorna ao combate conscientemente .

Thiago pressiona na grade e Kampmann inverte sem muito sucesso e quando o tenta jogar pra baixo o brasileiro faz uma ótima inversão e consegue reverter a queda para tentar o ground-and-pound em meia-guarda. Thiago passa a guarda e com Kampmann se movimentando muito retorna a meia guarda mantém o jogo com cotoveladas e incrivelmente aproveitou-se do contra-movimento de Martin e montou para tentar o nocaute técnico ou finalização no ground-and-pound.

Em ótima posição Thiago continua o trabalho tentando aplicar socos mas com o adversário se movimentando muito se esquiva e o tempo do round se encerra para a infelicidade do brasileiro.

No segundo round os lutadores continuam trocando bastante, Thiago começa acertando um direto, depois uma sequencia de socos, chute na costela e Kampmann tenta clinchar sempre que possível com ambos tomando iniciativa. O dinamarquês tenta chutes altos, enquanto Thiago mantem o foco e acerta um belo soco que é retrucado por um direto.

Pitbull vai trabalhando os jabs que acertam o adversário. Kampmann conseguiu uma boa combinação com socos e joelhada que atinge o brasileiro sem maior gravidade sendo  então clinchado na tentativa de queda por Kampmann que é interrompida pelo soar da sirene.

Começando o terceiro round Thiago tenta a iniciativa com chutes altos e baixos tentando posteriormente a queda pelo double leg, que inverte jogando o Pitbull para a tela. Nisso o estrangeiro tenta uma boa sequencia de socos que ficam na guarda de Thiago e uma joelhada que passa no ar, posteriormente clincha e tenta joelhadas sequenciais que também não contundem relevantemente.

O Pitbull tenta atingi-lo com chute alto e na sequencia prossegue com um cruzado e low kick. Kampmann não se surpreende e vai pra cima com sequencias de soco que impulsionam  adversário para a grade.

Thiago vai acertando socos nas aberturas de guarda do dinamarquês. Sentindo-se pressionado Mark tenta jogar pra baixo mas não consegue, continua a trocação sem nenhum golpe e a torcida presente bota pilha.

Alves continua a sequencia quando joga Mark para o chão e em um erro de queda o dinamarquês cai montado e encaixando a guilhotina, submetendo o brasileiro espetacularmente e sem chance de defesa.

O brasileiro mostrou-se evoluído e caso não fosse o malgrado da finalização possivelmente venceria a luta por pontos devido aos bons golpes que aplicou e seu domínio do octógono em dois dos três rounds enquanto Martin Kampmann mostrou-se um grande lutador tanto no Muay Thai quanto no Jiu-Jitsu dá um novo passo em sua carreira vencendo um grande ícone do MMA brasileiro no Ultimate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *