UFC tira cinturão de Jon Jones

Foto: Evelyn Rodrigues

Foto: Evelyn Rodrigues

O UFC foi novamente obrigado a tirar o cinturão interino de Jon Jones. Depois de se envolver em um acidente automobilístico e fugir do local sem socorrer a vítima e, por conta disso, perder o cinturão linear em 2015, o ex-campeão teve mais uma vez o título retirado pelo Ultimate.

Em conversa com a “ESPN”, Dana White, presidente da organização, conta a decisão tomada e diz que “Bones” é uma grande decepção:

“Jon Jones estragou tudo da pior forma que um cara com tanto talento poderia estragar. O maior talento de todos os tempos e a maior decepção de todos os tempos. Não faz sentido algum ele continuar sendo o campeão interino. Ele tinha esse cinturão porque deveria ter lutado pelo cinturão em abril. ‘Você deveria ter lutado pelo cinturão, aqui está’, e o demos o cinturão interino. Mas, com tudo o que aconteceu com ele nos últimos tempos, Jon Jones não poderia continuar com o cinturão.”

No início desta semana, Jon Jones foi julgado pela USADA (Agência Antidoping dos EUA) e recebeu suspensão de um ano por ter ingerido um estimulante sexual contaminado com substâncias proibidas. Sendo assim, o americano só poderá subir no octógono em julho do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *