Vídeos: Conor McGregor é preso em Nova York após quebra-quebra

Foto: Reprodução. Conor McGregor está preso em Nova York.

A confusão

O lutador Conor McGregor, tido como a maior estrela do MMA dos últimos anos ao conquistar dois cinturões da organização e fazer sua estreia no boxe diante de um dos maiores nomes da história da modalidade, foi preso em Nova York após se envolver na maior de suas polêmicas: vandalizar com um grupo de amigos um ônibus onde estaria o lutador Khabib Nurmagomedov, alvo de sua ira, junto a outros lutadores e membros de equipes, causando ainda ferimentos em duas pessoas.

McGregor queria invadir o ônibus com seus amigos para tirar satisfação com o russo, após o mesmo ter tido um desentendimento com Artem Lobov, um de seus colegas de treino, nos bastidores.

O irlandês perdeu seu cinturão dos leves por inatividade, já que não luta desde novembro de 2016. Motivado ainda por essa questão onde já afirmou que “ninguém vai tirar o meu cinturão”, apareceu com um grupo após o media day do UFC 223 e fez seu show de horrores. Ao quebrar uma das janelas do ônibus, os estilhaços feriram Michael Chiesa na testa, que após ser levado ao hospital e passar por exames foi removido do card em seu duelo contra Anthony Pettis. Ray Borg tem suspeitas de ferimentos nos olhos por estilhaços e também foi removido do card. Um membro do staff do UFC ainda teve os dedos quebrados.

A polícia de NY foi acionada pelo próprio UFC. Dana White afirmou que Artem Lobov, amigo de McGregor havia sido removido do card deste sábado do UFC 223.

A coisa mais nojenta que aconteceu no UFC

“Foi a coisa mais nojenta que já aconteceu na história da empresa. Há um mandado pela prisão para Conor McGregor, eles estão procurando por ele. O avião de McGregor não pode decolar, ele não pode sair do estado de Nova York com este mandado. Se eles não o encontrarem, ele vai ter que se entregar… Foi uma decisão muito ruim para a carreira dele”, disse o presidente do UFC, deixando claro o nível de gravidade das ações de McGregor e sua equipe.

“O que acontecei foi que hoje o Conor e aproximadamente 20 pessoas tiveram acesso aparentemente pelos caras da MacLive que estavam credenciados (para o media day). Eles passara por uma porta e invadiram o prédio, desceram até o estacionamento onde os lutadores estavam entrando no ônibus. Lá eles começaram o ataque jogando latas de lixo e coisas assim. Quebraram uma das janelas, fizeam um corte feito no Michael Chiesa, na cabeça, foi no rosto.”, completou Dana. “Rose Namajunas quase foi atingida e ficou muito chateada, ela simplesmente saiu e voltou a pé para o hotel. O ataque ainda quebrou uma das juntas dos dedos de um dos nossos funcionários. Todos ficaram abalados. Estavam todos cortando peso e se preparando para lutar”, enfatizou Dana White.

“A relação com ele não está boa. Após essa atitude desprezível e nojenta, todo mundo não tem uma boa relação com Conor. Até o policial que veio falar comigo sobre isso disse que deixou de ser fã dele. Esse é o tipo de decisão ruim que atinge muita gente. Ele tem uma desavença com Khabib por conta de Artem, mas você não pode entrar no Barclays Center e atacar um ônibus com lutadores. O pior é que ainda haviam mulheres no ônibus. Espero que eles sejam presos. Espero que os dois caras do MacLife (site oficial de Conor McGregor) sejam presos também. Tudo está registrado em vídeo. A polícia acabou de nos contar isso. Foram eles que deixaram ele entrar. Espero que eles sejam presos também.”, disse o presidente enfurecido. “A polícia vai cuidar do Conor. Sei que muitas pessoas vão processar  Conor, só Deus sabe quantos processos ele vai receber. Vou cuidar para que Rose esteja bem, Mike esteja bem, e seguiremos adiante. Depois desta luta, veremos o que fazer.”, pontuou.

“O que aconteceu hoje é criminoso, nojento, desprezível, me deixa doente. Como organização, nós não podemos deixar nada como isso acontecer de novo. Conor estava com certeza jogando coisas, está tudo registrado em vídeo. Não só tinha gente filmando de dentro do ônibus, como havia gente filmando de fora do ônibus, e as câmeras de segurança filmaram tudo, inclusive os caras do MacLife deixando eles entrarem. Não sei se ele está drogado ou qual é o problema, mas vir aqui e agir desta forma… Você está falando de um cara que teve um filho! Ele acabou de ter um bebê. É assim que você age? Você tem um filho em casa”, disse Dana White mostrando surpreso pela atitude de McGregor.

“Você gostaria de fazer negócios com McGregor agora? Você quer ficar atrás dele para fazer entrevistas e comprar suas lutas? Quer? Não. Acho que ninguém vai querer nada com ele neste momento, todo mundo vai estar enojado. Se você não gosta do Khabib e do que aconteceu com ele, então enfrente-o. Você pode vir aqui e fazer isso legalmente. Khabib vai lutar no sábado, poderíamos ter conversado e acertado sua luta contra Khabib logo depois. Você poderia fazer o que quisesse com Khabib dentro dos limites das regras da luta. Mas você quer trazer seus amigos e vir aqui fazer o que fez hoje? É nojento. E não acho que ninguém vai ser grande fã do Conor McGregor depois disso”, concluiu.

Conor se entrega à polícia

O irlandês Conor McGregor se entrgou à polícia e está sob custódia na 78ª Delegacia de Nova York onde responderá por suas ações. Em vídeo que circula nas redes sociais, o lutador é encaminhado aparentemente algemado por policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *